Filme: “O Diabo veste Prada”

O Diabo veste PradaA estória se passa no mundo glamouroso da moda onde Miranda Priestly é a editora poderosíssima de uma revista de moda, a Runway Magazine. Ela é temida e admirada ao mesmo tempo, altamente exigente, ditadora e centralizadora, para alguns o próprio diabo. Nunca agradece, nunca reconhece, acredita que as pessoas que trabalham com ela devem adivinhar seus próximos passos.

Andrea Sachs é uma jovem jornalista que deseja uma oportunidade em Nova Iorque e apesar de ser totalmente fora dos padrões vigentes da moda, não é magérrima, não se importa com o estilo de roupas que veste e não conhece nada sobre os grandes estilistas, consegue um emprego como assistente de Miranda.

Andrea sofre muitas humilhações, mas com a ajuda de Nigel, o diretor de moda da revista, acaba se transformando em uma profissional elegante e bem-vestida e assim, unindo à sua competência acaba despertando a admiração de Miranda, que vê a assistente como a si própria e dá a ela a oportunidade de se tornar sua assistente principal e ir para a Semana de Moda em Paris para assessorá-la.

Porém, nem tudo é alegria para Andrea, pois passa a ficar à disposição de Miranda 24 horas por dia, tanto para trabalhos profissionais quanto pessoais, por exemplo, fazer a lição de casa das filhas gêmeas de Miranda. Com isso, começa a ter conflitos com seu namorado e amigos que acreditam que Andrea mudou muito e não a reconhecem mais. Acaba em pró do trabalho, matando seu próprio eu.

Andrea sempre se desculpa com todos dizendo que “não tenho opção” e por isso tem que fazer coisas que não gostaria, até que a própria Miranda lhe diz que tudo é uma opção, seguir ou não, já é uma forma de opção. Nesse momento, Andrea toma uma decisão… agora acho que é melhor você assistir ao filme.

Já cansei de encontrar executivos e empreendedores muito parecidos com Miranda, autoconfiantes até beirando à arrogância, competentes, focados e reconhecidos como padrão de sucesso profissional. Porém, fora desse ambiente são pessoas solitárias, tristes, que há muito mataram seu próprio eu para se dedicarem totalmente à sua empresa.

Essas pessoas, normalmente, têm uma visão muito clara de futuro para a empresa, um planejamento maravilhoso, uma equipe dedicada para atingir os resultados.

Mas quando questionadas o que desejam para seu futuro, elas conseguem apenas se referir à empresa, esquecem que são pessoas que um dia já tiveram seus sonhos pessoais. E se um dia elas acordarem e se depararem com o fato de que a empresa não as quer mais? O que será de suas vidas?

Saber o que você deseja para si é o que dá sentido para seu trabalho, mesmo que seja árduo. Não adianta trabalhar tanto se você não sabe o que isto lhe trará a longo prazo para sua vida pessoal. Até porque conheço muito pouca gente que diz que trabalha porque ama trabalhar, grande parte trabalha para conquistar seus sonhos, tais como, uma viagem, uma casa, um carro, um curso.

Também como Andrea que sempre dava a desculpa de que tinha que fazer tudo aquilo, pois não tinha opção; muitas pessoas sempre se desculpam da mesma forma, são levadas pelas metas de outras pessoas, não dirigem sua própria vida, se deixam guiar, até que um dia se deparam com um grande vazio, pois quando sozinhas, não sabem o que fazer, afinal precisam de que outras pessoas digam o que deve ser feito.

Em um momento do filme, Nigel espera uma grande oportunidade profissional, porém Miranda para não perder seu posto de editora, consegue fazer uma troca com o posto que Nigel assumiria e ele apesar de frustrado diz que ela saberá recompensá-lo no momento certo.

Existem muitos Nigels pela vida que são super competentes, porém ficam a espera de uma recompensa, pois acreditam que um dia virá e o tempo passa e nada acontece, pessoas se desenvolvem, são promovidas e os “bonzinhos” Nigels vão ficando pelo caminho.

E você? É mais parecida com uma Miranda, uma Andrea ou um Nigel? Reflita e busque traçar seu destino e jornada!

 

Anúncios

11 comentários sobre “Filme: “O Diabo veste Prada”

  1. EU SOU ALUNA , DA FACULDADE UNISA, PRAIA GRANDE CURSO CIENCIAS CONTABÉIS, MEU PROF; COLOCOU ESTE FILME — O DIABO VESTE PRADA– PARA NOS ASSISTIRMOS, MUITO LEGAL, MUITO IMPORTANTE NA AREA ADMINISTRATIVA,EMPREENDEDORA, VALEU MUITO…….

  2. Aline de Andrade PB

    Andrea desempenha dentro da organização o papel de uma secretária executiva, pois dar toda asistência à sua executiva Miranda Priestly. Mas por não está trabalhando em sua area, considerando que ela é jornalista de formação, acaba se submetendo a fazer a tarefas que não são de sua competência.

  3. Natália Cristina Martins

    Não concordo com o final do filme, em que a protaginista (Andrea), enxerga que os seus valores não vão de encontro com os da revista, e pede demissão para trabalhar em uma revista. Acontece que no mundo capitalista a realidade é essa… e mesmo que ela trabalhe como jornalista passará por situações semelhantes. Quem vê o filme acaba se esquecendo o quanto os jornalistas passa por cima de valores para ganhar fama! Sou fã da personagem Miranda…

  4. elaine

    Não sou parecida nem com Andrea, nem com Miranda, nem com Nigel. Sou parecida comigo mesma. Acho que Andrea perdeu algumas oportunidades de crescer como jornalista, como por exemplo, quando o loiro bonitão iria apresentá-la ao editor da The New York Times e ela recusou para ver o namorado. Não adiantou nada. O namorado ficou chateado do mesmo jeito. Já que estava atrasada mesmo, poderia ter aproveitado a oportunidade e, quem sabe, arranjaria um bom emprego como jornalista, deixaria a Miranda e ainda mantinha seu namoro. O Nigel é competentíssimo, mas deveria se dar o valor, largar a Runway, e buscar seu próprio espaço. E, por fim, não sou parecida com Miranda porque sou uma boa chefe. Trato as pessoas com humanidade, independente de quem sejam. É isso. Somos únicos…

  5. francisca de paula

    FRANCISCA DE PAULA
    sou estudante do curso de administração da faculdade unipac de uberaba.esse filme tem um peso sobre o administrador muito importante,realmente nos mostra a realidade como funcionar uma organização dentro de uma impresa , revelando o comportamento dos profissional . com sua visão ámpla ….

  6. Savitto Vianna

    …acho que isso não passa de uma viagem literária para confrontar a realidade com a fixção, tudo nada vida e opcional, voce só precisa fazer suas escolhas de maneira certa evitando frustrações gigantes e aproveitando oportunidades que somem e não subtraiam algo importante da sua vida compesando com algo futil que a curto prazo pode parecer muito e a longo irreversivel!!!…

  7. David Mangueira Soares

    EU SOU O DAVID MANGUEIRA SOARES
    SOU ALUNO DE GASTRONOMIA NA UNIT DE SERGIPE QUE E UMA DAS MELHORES UNIVERSIDADE DO ESTADO E .
    ESTE FILME MIM REVELAR COMO NÃO SEREI COMO MIRANDA QUANDO EU TEVER O MEU PROPRIO RESTAURANTE A MODA FRANCESA. MAIS EM UMA COISA ELA ESTAR CERTA E O POUSO FIRME DELA QUE FAZ COM QUE TUDOS A TEMAM E A ADEMIREM .. eu adoro o filme ……

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s