Ações simples que fazem a diferença nos negócios

Mesmo nas horas de lazer, não tenho como não olhar para uma empresa e não fazer uma análise sobre ela.

No domingo de muito calor, fomos até à cidade de Guararema para fazer um passeio com nossa filha e paramos em uma sorveteria chamada Kimoni.

Fazia muito tempo que não ia para Guararema e apenas conhecia a sorveteria pequenininha que tinha na Praça da Matriz, não sabia que os proprietários haviam expandido e aberto uma nova loja.

Fiquei muito feliz por isso (afinal, adoro ver empresas se desenvolvendo) e mais feliz por ver uma loja bonita, ampla, com produtos de qualidade e principalmente, a preocupação com a higiene e uma solução simples, muito barata, mas que pode gerar um excelente resultado no final.

Ao entrar, há um lavatório para que você se limpe antes de pegar o sorvete (é um sistema por quilo). Os potinhos para colocar o sorvete fica fechado em uma prateleira de vidro que impede que bichinhos pousem ou que fiquem expostos à poeira e outros detritos.

Depois, o mais interessante, uma cestinha com elásticos para as mulheres prenderem os cabelos compridos. Afinal, quem já não foi a um restaurante por quilo ou self-service e encontra um monte de “cabeluda” jogando suas lindas madeixas para lá e para cá, sem a menor educação. E aí, você acaba encontrando fiozinhos alheios na comida. Argh!

Isso eu chamo de uma solução criativa, barata e de resultado!

Resultado para o cliente: que não encontra “objetos estranhos” em seu maravilhoso sorvete (eu recomendo, tem diversos sabores!!) e sai muito satisfeito, sem se estressar.

Resultado para a empresa: que não precisa mais receber reclamações ou devoluções de sorvete dos clientes insatisfeitos; o que gera perda na receita. Porque o cliente insatisfeito não quer saber de quem era o “cabelo” em seu sorvete e pode espalhar para seus amigos que a sorveteria não tem higiene e nunca mais voltar ou então ao devolver o sorvete, o proprietário precisa jogar esse e dar outro. Imagine se em um dia de calor infernal, 10 clientes por dia reclamam e devolvam o sorvete, tem ideia de quanto isso reflete no caixa da empresa?

Ao pensar nessa solução, acaba-se reduzindo o problema. Isso não quer dizer que todas as clientes utilizarão o elástico, mas acredito que grande parte sim. Comprovei isso no domingo, logo após nossa chegada, entraram três moças com cabelos compridos. Pegaram os elásticos, prenderam seus cabelos e aí foram pegar seus sorvetes.

Empreendedores que fazem a diferença não precisam gastar milhões para incrementar seus negócios, quanto custa uma cestinha e elásticos para prender o cabelo?

Pensem em como fazer uma ação que seja simples, não custe muito e que te traga bons resultados!

Anúncios

2 comentários sobre “Ações simples que fazem a diferença nos negócios

  1. Ivone

    Como diz na música, Que felicidade, que felicidade.
    Sou proprietária da empresa referida no artigo .
    Nao sei quem e Valéria Nakamura.
    Mais sei com certeza que ela se sentiu muito bem quando esteve aqui na minha sorveteria em Guararema.
    E foi pra isso que nos tivemos tanto esmero e dedicação ao pensar em cada detalhe , em cada espaço, em cada procedimento de fabricação,em cada matéria prima escolhida, nao só para fabricarmos um sorvete de qualidade ou um doce de qualidade, mas sim em agradar e encantar nossos clientes e amigos que fizemos durante esses longos 23 anos de sorveteria.
    E minha maior felicidade, maior satisfação e saber que td nao foi em vão.

    Obrigada Valéria Nakamura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s