Escute o que vem do chão de fábrica!

A comunicação é de fato um problema nas empresas.  Quando mais subimos de cargo, menos escutamos o que acontece no “chão da fábrica”, muitos ruídos acontecem na comunicação, um dos mais famosos é a “rádio peão”.

“Funcionários de chão de fábrica” é uma expressão frequentemente usada para denominar os colaboradores que trabalham em indústrias, no nível operacional da organização, geralmente em tarefas de produção. Mas podemos levar isso para o escritório, para startups, para qualquer ambiente de trabalho.

Quando começamos a subir hierarquicamente, ficamos distantes do “chão de fábrica” e acredito que nesta subida o ar fica mais rarefeito (rs), ou seja, começamos a ter os sintomas do aumento gradual da altitude, falta oxigênio e sem o oxigênio nosso cérebro começa a sofrer, podendo causar perda da visão dos micros processos, perda da condição motora de como fazer? o coma da inércia, o coração para de bater por realizações, entre outros problemas.

Tirando um pouco o lado sarcástico do post, o que quero dizer é que devemos sempre escutar o que vem do chão da fábrica ou do escritório, “os peões” sabem o que está acontecendo nos processos.

Quanto mais distante das fontes de comunicação e menos canais sadios, a empresa perde grandes informações que são primordiais para um planejamento estratégico. Esses canais que criamos na comunicação entre a hierarquia e chão de fábrica regam e distribuem de forma verdadeira e sistemática todo o plantio, deixando o chão de fábrica fértil e produtivo.

A comunicação deve fluir ao mesmo tempo, sem “delay”, o mesmo conteúdo e a mesma qualidade, nem mais nem menos, sem deixar dúvidas. Reuniões eficazes, bem estruturadas e com pautas definidas podem ajudar, mas o mais importante são aqueles cafezinhos na cozinha, o momento do cigarro (dos fumantes), o almoço da turma – esse sim é o momento de entender a equipe e saber de verdade o que está acontecendo.

Se todos estiverem cientes da importância do seu trabalho e dos seus propósitos será muito mais fácil chegar aos resultados. Esteja aberto para ouvir e tome decisões baseadas em fatos e não no “achismo”.

Não basta construir uma equipe, você deve conectá-las.

Até o próximo post.

Samuel Pagano

Sócio-proprietário da Fábrica de Empreendedores

samuel@fabricadeempreendedores.com.br

 

Planejamento Semanal – Parte 2

planejamento

Planejamento Semanal – Parte 2

Olá…

Dando sequência à parte 1 do planejamento semanal, agora vamos entender o que você tem para a sua semana. Comece a fazer uma lista de atividades que você quer executar durante a semana, divida essas atividades em tarefas e compromissos.

Tarefa é algo que você irá fazer durante o dia, ou seja, de manhã, a tarde ou a noite e leva um determinado tempo para executar, compromisso é um período de tempo já pré-determinado, com início e fim, exemplo uma consulta médica, que tem data e horários de início e fim.

Você vai fazer um checklist das atividades, como abaixo:

  • Ir ao médico
  • Fazer relatório de vendas
  • Reunião com diretoria
  • Exames médicos
  • Preparar sala de reunião
  • Desenvolver projeto de Marketing

Lembre-se que você está colocando atividades que realmente acredita que irá fazer, sejam elas pessoais ou do trabalho. Feito o checklist das suas atividades, agora é o momento de distribuir durante a semana que irá começar. Vamos ver o exemplo:

  • Segunda-feira:

Ir ao médico (compromisso) – horário das 9:00 as 10:00 hrs

Preparar sala de reunião (tarefa) – duração será de 01 hora

  • Terça-feira:

fazer exame médico (compromisso) – horário das 07:00 as 08:00 hrs

Reunião com diretoria (compromisso) – horário das 14:30 às 16:00 hrs

  • Quarta-feira:

desenvolver projeto de Marketing (tarefa) – duração de 03 horas

Fazer relatórios de vendas (tarefa) – duração de 01 hora

Perceba que você começou a entender o seu dia a dia, que na segunda você tem 02 horas de atividades, na terça 02 horas e meia de atividades e na quarta você tem 04 horas de atividades – aqui você já sabe dizer que na quarta seu tempo já está ficando mais apertado, que é melhor não colocar muita atividade neste dia, que é bom fazer um “replanejamento”.

Faça esse Planejamento Pessoal de 03 dias durante pelo menos 30 dias, e observe os resultados, quando estiver com mais prática, ou se sentir mais confortável, comece a fazer 07 dias, fica a dica do post 01 de começar o Planejamento Semanal na sexta.

No próximo post irei gravar um vídeo mostrando isso na prática, fique atendo e se tiver dúvidas nos encaminhe um email no comercial@fabricadeempreendedores.com.br contando sua dificuldade e lhe ajudaremos,  até o próximo post.

Planejamento Semanal parte 1

manplan

Planejamento Semanal – Parte 1

Olá…

Se você colocar a palavra Planejamento Semanal no google irá ter várias informações, explicações, definições, imagens, textos, significados, instituições entre outras.

Mas o que é Planejamento Semanal? Em uma definição simplista e pessoal, acredito ser “pensar, antes de agir”. É se dedicar por um tempo a pensar, no que e como fazer na semana as suas atividades.

Se começarmos o dia sabendo o que temos que fazer (pode-se chamar de executar), as nossas atitudes ficam mais positivas e o nosso tempo mais organizado.

Essas duas palavras – positivas e organizadas – já valem pelo esforço de planejar. O que realmente acontece que não sabemos planejar, somos muitas vezes doutrinados a fazer – sair fazendo, ou seja, “fazejamento”, que muitas vezes nos geram retrabalhos ou tempo desperdiçado, que nos dão sensações negativas e promovem a desorganização, que acabam indo para o sentimento de desmotivação, pois não conseguimos concluir o que queremos.

Mas como fazer Planejamento Semanal?

Você encontrará várias técnicas no Google, mas de novo vamos para a simplicidade, o que vamos mostrar tem dado resultado para muitas pessoas, mas o principal de tudo é ter dedicação, planejar requer disciplina, tempo e foco. Então vamos aos 6 primeiros processos:

  1. Escolha um dia (aconselhamos sexta – pelo simples motivo de ter a semana inteira pela frente, o passado é experiência, o presente é a decisão, e o futuro é a execução, e para executar precisamos de tempo)
  2. Escolha um período do tempo (aconselhamos final da tarde de sexta, pois já sabe o que errou na semana e pode buscar acertar a próxima semana, histórico é muito importante para decidir)
  3. Delimite quanto tempo irá planejar, três dias, ou a semana, caso esteja começando, faça o planejamento de 3 dias.
  4. Entenda que o seu dia deverá ser de 24 horas, 07 dias da semana, classificando suas atividades em tarefas e compromissos (explicarei a diferença entre tarefas e compromissos).
  5. Escolha o local para planejar, que seja arejado, iluminado e com poucas ou nenhuma interrupção quando estiver planejando.
  6. Outro fato importante é ter uma agenda, seja ela papel ou tecnológica, aconselhamos primeiro uma de papel, para poder anotar e entender como você “funciona”, depois utilize a tecnologia.

Ótimo, se você seguiu os passos acima, já está organizado para começar o Planejamento Semanal em si, organização é um dos principais fatores para que o planejamento semanal dê certo.

Este post está dividido em partes, para que o aprendizado seja consistente e duradouro, vamos dar um tempo para você se organizar, daqui 2 dias iremos publicar a segunda parte. Se tiver dificuldades ou dúvidas até lá, encaminhe um email para comercial@fabricadeempreendedores.com e iremos auxiliá-lo ou deixe seu comentário abaixo.

Até o próximo post.

Fazendo do mesmo jeito

Slide1

Fazendo do mesmo jeito e querendo resultados diferentes…Loucura!!!

É engraçado como as pessoas buscam por mudanças, é na virada do ano, é depois do carnaval, na próxima segunda e aí a fora. Mas logo desistem e voltam para o “morninho”, se apegam a frases de mudança ou de transformação, mostradas nas redes sociais, compartilha, coloca curtir, mas dois minutos depois, volta para o “morninho”, e o pior, colocando desculpas verdadeiras pela sua falta de vontade.

Li este post no http://www.contioutra.com e quero compartilhar com vocês http://www.contioutra.com/por-que-algumas-pessoas-repetem-sempre-os-mesmos-erros/  até quando você se deixará ser conduzido por suas desculpas? Até quando o “morninho” vai tomar conta de você.

Mudanças não são fáceis, requer decisões e comprometimento com o novo, seja mudar de emprego, de cidade, de marido/ esposa, mas se algo está te incomodando, não fique só reclamando, planeje, busque sair do morninho, não se acostume com o problema – se fizer uma atividade por dia, para que esta mudança ocorra, garanto que ela será menos dolorosa e mais tranquila – agora se tomar esta decisão de mudança sem pensar nas consequência, de maneira irresponsável, a dor de cabeça será maior.

Só existe um culpado nesta história, e é VOCÊ e somente uma pessoa pode mudar isso, que também é VOCÊ.

Aprenda estar no controle, ou você está no “teu controle” ou alguém está te controlando, as vezes é o “morninho” no controle.

Deixe suas experiências abaixo em “comentários”, podemos compartilhar e crescer juntos.

Até o próximo post…

Fábrica de Empreendedores

Teoria x Prática

Slide1

Teoria versus Prática

Essa é uma discussão bem “fervorosa”, entre os fanáticos por teoria e os loucos em sair executando. Acredito que o desafio é dosar essas duas situações. Se ficarmos somente na teoria, o mundo vai parecer “Alice no país das maravilhas”, onde tudo é mágico, tudo irá dar certo.

Agora se ficarmos somente na prática, o aprendizado é mais “dolorido”, tipo tentativa e erro, algumas vezes acertando e outras errando.

Se conseguirmos aliar as duas situações, teoria e prática, os erros tendem a serem diminuídos e os custos reduzidos. Esse é o desafio, nas empresas temos muitos colaboradores de idade diferente, uns com teorias atualizadas e outros já com a prática afiada.

Colocá-los pra executarem projetos é o primeiro passo para compartilhar a teoria com a prática e vice-versa, o aprendizado é enriquecedor para ambos os lados.

Este link (site rh quatro) dá algumas dicas de como começar a buscar a interação entre a teoria e a prática, como é colocado no texto a ponte entre a teoria e a prática.

http://www.rhquatro.com.br/blogs/post/Como-construir-a-ponte-entre-a-teoria-e-a-pr%C3%A1tica-da-lideran%C3%A7a/

Pratique alguns conceitos, estimule a equipe e depois nos diga como foi este processo. Quer compartilhar suas experiências ou tirar dúvidas, deixe seu recado abaixo em “comentários”, a equipe Fábrica de Empreendedores agradece a colaboração.

Até o próximo post

Falando de Organização

Falando de Organização

Falando um pouco sobre organização, que parece ser fácil, mas nos deixa “em maus lençóis” quando precisamos encontrar algo, ou quando nosso dia sai fora da rotina, aparecem as urgências.

Na Fábrica de Empreendedores acreditamos que organização é um passo antes do Planejamento, e você tem que saber a diferença em estar organizado e estar arrumado. Muitas vezes os documentos (por exemplo) estão arrumados dentro de caixas ou pastas, mas não estão organizados, divididos por mês, data, ou por categorias.

Existem várias técnicas de organização, mas gostamos de utilizar e indicar o 5 “S”. A metodologia 5S tem sido desenvolvida de forma eficaz e participativa, seja nas empresas ou no seu dia a dia, através de fundamentos de fácil compreensão e capacidade de apresentar resultados positivos, e porque indicamos o 5 “S”, pois é uma ferramenta baseada em ideias simples e que podem trazer grandes benefícios para as pessoas. O gráfico abaixo ilustra bem como você pode começar:

Slide1

Não aplique este conceito apenas na sua empresa, no seu escritório, aplique em casa, no seu dia a dia, envolva a equipe de trabalho, mas também envolva a família. Para que a energia possa circular em sua volta, deixe as “coisas” antigas e que não te agregam nada ir embora, abra espaço para o novo.

Quer compartilhar suas experiências? Está com dúvidas? Precisa de Ajuda? Deixe seu recado em comentários e entraremos em contato. Bom trabalho e até o próximo post.

Fábrica de Empreendedores