Escute o que vem do chão de fábrica!

A comunicação é de fato um problema nas empresas.  Quando mais subimos de cargo, menos escutamos o que acontece no “chão da fábrica”, muitos ruídos acontecem na comunicação, um dos mais famosos é a “rádio peão”.

“Funcionários de chão de fábrica” é uma expressão frequentemente usada para denominar os colaboradores que trabalham em indústrias, no nível operacional da organização, geralmente em tarefas de produção. Mas podemos levar isso para o escritório, para startups, para qualquer ambiente de trabalho.

Quando começamos a subir hierarquicamente, ficamos distantes do “chão de fábrica” e acredito que nesta subida o ar fica mais rarefeito (rs), ou seja, começamos a ter os sintomas do aumento gradual da altitude, falta oxigênio e sem o oxigênio nosso cérebro começa a sofrer, podendo causar perda da visão dos micros processos, perda da condição motora de como fazer? o coma da inércia, o coração para de bater por realizações, entre outros problemas.

Tirando um pouco o lado sarcástico do post, o que quero dizer é que devemos sempre escutar o que vem do chão da fábrica ou do escritório, “os peões” sabem o que está acontecendo nos processos.

Quanto mais distante das fontes de comunicação e menos canais sadios, a empresa perde grandes informações que são primordiais para um planejamento estratégico. Esses canais que criamos na comunicação entre a hierarquia e chão de fábrica regam e distribuem de forma verdadeira e sistemática todo o plantio, deixando o chão de fábrica fértil e produtivo.

A comunicação deve fluir ao mesmo tempo, sem “delay”, o mesmo conteúdo e a mesma qualidade, nem mais nem menos, sem deixar dúvidas. Reuniões eficazes, bem estruturadas e com pautas definidas podem ajudar, mas o mais importante são aqueles cafezinhos na cozinha, o momento do cigarro (dos fumantes), o almoço da turma – esse sim é o momento de entender a equipe e saber de verdade o que está acontecendo.

Se todos estiverem cientes da importância do seu trabalho e dos seus propósitos será muito mais fácil chegar aos resultados. Esteja aberto para ouvir e tome decisões baseadas em fatos e não no “achismo”.

Não basta construir uma equipe, você deve conectá-las.

Até o próximo post.

Samuel Pagano

Sócio-proprietário da Fábrica de Empreendedores

samuel@fabricadeempreendedores.com.br

 

Anúncios

Pequenas ações, grandes feitos

Olá!

blurred-image-of-people-in-underground2016 passou rápido, não é? Parece que foi ontem. Uma sensação de que o tempo está voando a cada ano que passa, mas o tempo sempre é o mesmo. O que pode mudar são nossas atitudes no nosso dia a dia.

Pequenas ações levam a grandes feitos, mas para tudo isso acontecer temos que nos mexer. Nos preocupamos muitas vezes em superar os feitos de outras pessoas quando na verdade temos que superar a nós mesmos.

black-and-white-image-of-young-woman-sitting-on-benchSó você e mais ninguém sabe das suas dificuldades e resolvê-las depende 99% das suas atitudes. E quando essas dificuldades passam pelo financeiro e que muitas vezes buscamos resolvê-las de forma “desestruturada” e desesperada, ao invés de resolver, aumentamos o problema.

Este ano o TeuControle quer que você saia desse círculo vicioso, como dizemos “ é você, no controle das suas finanças

Nosso foco em 2017 é mostrar como você pode fazer um ano diferente, sair da rotina das tentativas e entrar na rotina do fazer: a palavra é executar!

tourist-looking-at-mountainsProblemas irão existir, mas se você estiver planejado as dificuldades serão enfrentadas com mais clareza e assertividade. Vamos construir um 2017 diferente e que não será mais do mesmo de 2016.

Inscreva-se no www.teucontrole.com e receba um Ebook de “Como começar seu planejamento financeiro pessoal”. Ele é simples e de fácil execução.

E para embalar este ano que tal um som,  aumente o volume…


Obrigado e até o próximo post.

Equipe TeuControle.com

Vai de 07 ondinhas de novo?

Mais um texto do blog TeuControle, curta e compartilhe !

pular-7-ondinhas-reveillon

Gosto muito desta frase: “Não chame de destino as consequências de suas próprias escolhas”. Muitos acreditam que só pular 07 ondinhas fará com que seu ano novo fique melhor ou usar uma peça de roupa de uma determinada cor lhe trará o seu desejo.

Vale o que o filósofo brasileiro Mário Sérgio Cortella diz sobre o verbo Esperançar de Paulo Freire:

Como insistia o inesquecível Paulo Freire, não se pode confundir esperança do verbo esperançar com esperança do verbo esperar. Aliás, uma das coisas mais perniciosas que temos nesse momento é o apodrecimento da esperança; em várias situações as pessoas acham que não tem mais jeito, que não tem alternativa, que a vida é assim mesmo… Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, esperançar é construir, esperançar é não desistir! Esperançar é levar adiante, esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo.”

Levando para o lado das finanças quando falamos que no TeuControle “é você, no controle de suas finanças”, é como dizer que não devemos deixar ao acaso, por exemplo “deixa a coisa rolar” que depois eu vejo como faço – é ser medíocre, é fazer do ano novo cópia do ano velho.

Aproveite o ano novo e se revitalize, trace um caminho, não se deixe levar pela onda do “depois eu vejo”, não seja “mais do mesmo”.

Nas finanças busque o equilíbrio, busque a prosperidade, coloque pequenas tarefas para caminhar em direção à independência financeira, crie Metas – mexa-se, não espere, tome atitudes concretas e decisivas, não seja um Pôncio Pilatos em sua vida, lavando as mãos e culpando o destino, são suas escolhas hoje que definirão seu futuro.

 Em vez de 7 ondinhas que tal trocar por 7 ações, vamos lá:

objetivo

  1. Tenha objetivo – coloque no singular, não pense em vários, pense em um objetivo, escreva, deixe-o bem específico, isso te dará foco. Coloque prazo para atingir, no mínimo 3 meses, e faça pequenas ações durante a semana, 2 ou 3 ações. Esse é um dos grandes segredos do sucesso, canalizar toda a sua atenção e energia para concretizá-lo;

habito_10

  1. Crie um hábito produtivo – baseado no seu objetivo, identifique, pesquise um hábito que pode ajudá-lo a conquistar esse objetivo único. Dedique-se durante 3 meses a esse hábito e registre seu progresso, crie situações que favoreçam a aplicação deste hábito;

executar-tarefas

  1. Executar – hora de arregaçar as mangas e fazer, aqui começa onde todos param, não há uma sequência, não desanime, busque o foco no resultado, estabeleça ganhos diários, semanais ou mensais, para motivá-lo. São as atividades que irão nortear o seu caminho;

logo_simples_assim

  1. Seja simples – Simplicidade na vida é tudo e é o mais difícil! Na ânsia de ter resultados rápidos nossa mente fica caótica, bate desespero – por isso pare e respire! Se preciso for, conte até 10 antes de começar. Quando estamos menos eficazes, nos tornamos menos felizes e perdemos o rumo. Busque simplificar seu objetivo, comece priorizando as atividades, seja diária, semanal ou mensal. Quando entendemos a dificuldade e a simplificamos, nos sentimos fortes, os resultados aparecem e nos sentimos motivados. Então quando sentir o desespero ou o caos, pare, respire, conte até dez, e volte ao foco;

sejapositivo

  1. Seja positivo – quando falo de positividade, não é só pensar positivo, mas agir positivamente. Descubra o que te faz feliz, identifique ambientes e pessoas que lhe proporcionam felicidade e depois, faça tudo que estiver ao seu alcance para manter essa felicidade.

para-voce

  1. Tenho um tempo para você – Parece brincadeira, mas nos boicotamos muitas vezes para atender a outras pessoas, não que não seja importante, mas temos que ter um tempo só nosso, para oxigenar a alma, revitalizar as ideias – isso é um momento fundamental, agende um tempo para você, se não tem, arranje! Isso é essencial, não abra mão;

concentracao

  1. Concentração – meia hora antes de dormir, pense como foi seu dia, faça uma avaliação, planeje o dia seguinte, entenda e elimine as urgências, não deixe para depois, faça! Comece o dia concentrando-se no que planejou, isso pode ser um dos seus hábitos (item 2 desta lista). Termine a primeira tarefa, dê uma pausa de 1 minuto, alongue-se, respire e parta para a segunda tarefa. Trabalhando desta forma repetidamente, garanto que os problemas irão diminuir e os resultados irão aparecer. Para quem quer FAZER, nada é IMPOSSÍVEL.

Claro, que essas 7 ações dão “trabalho” e claro que pular 7 ondinhas é bem mais fácil. Se você é daqueles que gostam de “deixar a vida te levar” continue a pular as 7 ondinhas, mas se você é daqueles que querem evoluir e sair do caos, fica a dica do TeuControle.

Lembre-se “enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

É você, não só no controle de suas finanças e sim é você, no controle da sua vida. Faça 2017 diferente, pense?

“ Estou vivendo a vida que sempre sonhei? Como gostaria de viver? O que ainda falta fazer? Como irei fazê-lo? E quando irei fazer? ”

E até o próximo post.

logo teu controle

Clique no logo do TeuControle e acesse o sistema financeiro (gratuito)

2017 nos trilhos

trem-flores

Mais um post do parceiro TeuControle.com

Olá…

Quem não gostaria de começar 2017 nos trilhos, ter tudo acertado, nenhuma pendência de 2016 e tudo preparado para 2017? Utopia? Não se você souber utilizar o seu 13º para dar fôlego na passagem de ano.

Este benefício se perde se não soubermos o que fazer ou como utilizá-lo. Pago dívida, consumo ou invisto? E nesta “enrolação” ou não tomando uma boa decisão, o dinheiro se vai e não sabemos nem para onde foi.

Uma pesquisa da Associação Comercial de São Paulo demonstrou que 18% das pessoas não sabem lidar com o “dinheiro extra” e outra pesquisa realizada pelo SPC Brasil apresentou que 85% da população faz compras sem planejamento.

Diante deste quadro o TeuControle.com quer dar algumas dicas de como você pode organizar as finanças e aplicar de uma melhor forma seu 13º.

O pagamento do 13º é dividido em duas partes. A primeira parcela deve ser paga entre os meses de fevereiro até o último dia útil do mês de novembro.

A segunda parcela deve ser quitada até o dia 20 de dezembro descontado o adiantamento da 1ª parcela.

Primeira pergunta: Tenho Dívidas?

Man at desk in shirt and tie holding his head and worrying about money.

Com juros altos, as dívidas sempre têm um caráter de urgência. Por isso, se você tiver algum débito em aberto, esse será o primeiro destino do seu décimo terceiro. Algumas pessoas vão dizer que não podem sacrificar o Natal para pagar as dívidas, mas quando se endividaram lá atrás elas não pensaram nisso.

As dívidas que terão prioridades serão aquelas com juros altos. Negocie sempre, peça descontos para pagar a dívida, pois você está com dinheiro em mãos, não perca a oportunidade.

Segunda pergunta: Quais serão as despesas do início de 2017?

iptu-ipva

Entra ano e sai ano, IPTU, IPVA, material escolar, licenciamento de veículos, entre outros irão aparecer. Por que não aproveitar e utilizar o 13º para fazer uma reserva para não comprometer todo o orçamento do mês com essas contas. Se planejar direitinho, essas contas não afetarão os outros meses de 2017, ou seja, fuja do cheque especial para pagar essas dívidas, isso pode se arrastar por meses.

Terceira pergunta: Tenho investimentos?

Citrus sapling growing from coins

Se você não tem investimento, que tal se presentear, ou melhor, presentear a família com um investimento. Explique a necessidade de se investir, “pegue” uma parte do 13º e comece a fazer uma reserva. Que tal por um propósito para esse investimento? Uma viagem, compra de um bem, estudo ou cobrir situações extraordinárias (perda de emprego ou problema de saúde). É fazer 2017 diferente de 2016 com relação às finanças. Como falamos sempre no TeuControle.com “é você, no controle das suas finanças”.

Quarta pergunta: E o Natal?

dinheiro

É uma data de celebração! Com certeza o “bichinho” do consumo está eufórico, as mãos começam a coçar, o desejo por algo novo é inevitável, por isso, pare e respire…05 segundos!!!

Nós do TeuControle.com não queremos que você fique fora desse período. É importante para você, família e amigos; é o encerramento de um ciclo, mas é preciso ser consciente, ter em mente que o consumo deve ser inteligente, não se deixa levar por luzes, músicas – lembre-se que para começar um 2017 no azul é preciso disciplina e organização nas finanças.

É aconselhável comprar e pagar à vista para conseguir descontos maiores e evitar dívidas em 2017, vale a regra “não gaste se não pode e invista sempre que puder”.

Pense sempre que “é você, no controle de suas finanças” – não se perca nas armadilhas de final de ano para não se perder durante 2017 inteiro.

Faça um Natal de alegria com consciência, sabendo que está celebrando o encerramento de 2016 com a certeza de ter um 2017 próspero, não adianta nada pular sete ondinhas se seu comportamento não mudar.

Se você utilizar o sistema TeuControle.com durante 2017 inteiro, aplicando dicas do nosso Blog, garanto que a virada de 2017 para 2018 será mais próspera que esta de 2016 para 2017.

É preciso se planejar. Se não, no próximo ano vai ser a mesma bola de neve.

Se gostou do post, compartilhe nas suas redes sociais e até o próximo!

Equipe TeuControle.com

Planejamento Semanal parte 1

manplan

Planejamento Semanal – Parte 1

Olá…

Se você colocar a palavra Planejamento Semanal no google irá ter várias informações, explicações, definições, imagens, textos, significados, instituições entre outras.

Mas o que é Planejamento Semanal? Em uma definição simplista e pessoal, acredito ser “pensar, antes de agir”. É se dedicar por um tempo a pensar, no que e como fazer na semana as suas atividades.

Se começarmos o dia sabendo o que temos que fazer (pode-se chamar de executar), as nossas atitudes ficam mais positivas e o nosso tempo mais organizado.

Essas duas palavras – positivas e organizadas – já valem pelo esforço de planejar. O que realmente acontece que não sabemos planejar, somos muitas vezes doutrinados a fazer – sair fazendo, ou seja, “fazejamento”, que muitas vezes nos geram retrabalhos ou tempo desperdiçado, que nos dão sensações negativas e promovem a desorganização, que acabam indo para o sentimento de desmotivação, pois não conseguimos concluir o que queremos.

Mas como fazer Planejamento Semanal?

Você encontrará várias técnicas no Google, mas de novo vamos para a simplicidade, o que vamos mostrar tem dado resultado para muitas pessoas, mas o principal de tudo é ter dedicação, planejar requer disciplina, tempo e foco. Então vamos aos 6 primeiros processos:

  1. Escolha um dia (aconselhamos sexta – pelo simples motivo de ter a semana inteira pela frente, o passado é experiência, o presente é a decisão, e o futuro é a execução, e para executar precisamos de tempo)
  2. Escolha um período do tempo (aconselhamos final da tarde de sexta, pois já sabe o que errou na semana e pode buscar acertar a próxima semana, histórico é muito importante para decidir)
  3. Delimite quanto tempo irá planejar, três dias, ou a semana, caso esteja começando, faça o planejamento de 3 dias.
  4. Entenda que o seu dia deverá ser de 24 horas, 07 dias da semana, classificando suas atividades em tarefas e compromissos (explicarei a diferença entre tarefas e compromissos).
  5. Escolha o local para planejar, que seja arejado, iluminado e com poucas ou nenhuma interrupção quando estiver planejando.
  6. Outro fato importante é ter uma agenda, seja ela papel ou tecnológica, aconselhamos primeiro uma de papel, para poder anotar e entender como você “funciona”, depois utilize a tecnologia.

Ótimo, se você seguiu os passos acima, já está organizado para começar o Planejamento Semanal em si, organização é um dos principais fatores para que o planejamento semanal dê certo.

Este post está dividido em partes, para que o aprendizado seja consistente e duradouro, vamos dar um tempo para você se organizar, daqui 2 dias iremos publicar a segunda parte. Se tiver dificuldades ou dúvidas até lá, encaminhe um email para comercial@fabricadeempreendedores.com e iremos auxiliá-lo ou deixe seu comentário abaixo.

Até o próximo post.

Filme: “Gênio Indomável”

Will é um rapaz de 20 anos que passou por reformatórios, famílias que o adotaram, mas onde sofria agressões. Assim, tornou-se uma pessoa sem vínculos, com exceção de três amigos que sempre o acompanham nas saídas e brigas.

Porém, Will é um gênio, sem ir à uma universidade, consegue expor sobre economia, história e principalmente, resolver teoremas matemáticos complexos.

Por causa de uma briga, Will vai para a cadeia, mas um professor que descobre seu talento resolve ajudá-lo, mas Will terá que cumprir duas tarefas: estudar matemática e frequentar um terapeuta. Ele concorda em estudar, mas utilizando sua inteligência, manipula e sabota vários terapeutas que desistem de trabalhar com ele.

Até que seu professor contata um ex-colega de universidade que concorda em conhecer Will.

Começa aí uma série de encontros onde em vários momentos confunde-se a figura do terapeuta/ cliente. Suas discussões e leituras pessoais faz com que eles se vejam como em um espelho. Apesar de suas diferenças, percebem que as semelhanças são maiores.

Will tem seus medos, principalmente, do abandono. Sean se sente abandonado pela morte de sua esposa. Em um momento, Will começa a discorrer sobre alguns assuntos e Sean pergunta: “O que você quer?”.

Will continua a discursar e Sean diz a ele que é um rapaz inteligente que pode falar sobre vários assuntos, mas não consegue responder a uma pergunta tão simples. Sean, na realidade, também se vê nesse caos.

Após esta sessão, ambos refletem e tomam suas decisões a fim de deixarem o passado para trás, rumo a um futuro que desejam (re)construir.

A pergunta “O que você quer?” parece ser a mais simples que existe, mas lidando com pessoas nesses onze anos de trabalho em treinamento, vejo que grande parte dá uma resposta automática, pensando no que os outros gostariam de ouvir.

No momento em que respondemos claramente esta pergunta, conseguimos fazer nosso planejamento e executar as ações necessárias para alcançar nossos desejos. Porém, se não conseguimos respondê-la com clareza, andamos em círculos, culpando pessoas e situações, sentindo frustrações, causando uma desmotivação.

Quantas pessoas também possuem um “Gênio Indomável”? São talentosas, mas o medo e a falta de autoconfiança faz com que não consigam se relacionar com outras pessoas, não se mobilizem para seus projetos, enfim, conseguem se auto sabotar. As pessoas gostam de se sentir vítimas para serem confortadas, afinal, vencedores, muitas vezes, são desprezados.

Que tal tirar o dia para pensar e estabelecer:  O que REALMENTE você quer?

Texto de Raúl Candeloro: “O poder da disciplina”

Encontrei este texto no meu arquivo e achei interessante compartilhar com vocês, afinal quando optamos por uma vida empreendedora, a disciplina é fundamental.

Tem um pensador e palestrante norte-americano chamado Jim Rohn que aprendi a respeitar com o passar do tempo. É dele, por exemplo, a seguinte frase: “Tenho pena das pessoas que têm um restaurante favorito, mas não tem um autor ou livro favorito. Pois elas sabem onde alimentar seu corpo, mas matam de fome sua alma”.

 

Gosto também da visão dele sobre o fracasso. Rohn diz que o fracasso não é um evento isolado, um cataclisma. Raramente falhamos da noite para o dia. Na verdade, para ele o fracasso é geralmente o resultado inevitável de um acúmulo de pensamentos e decisões erradas. Simplificando, o fracasso não é nada mais do que alguns erros de julgamento repetidos todos os dias.

 

Mas porque alguém faria isso?, você pode se perguntar. Fácil. Porque a pessoa acha que aquilo não fará diferença. Pequenos erros, uma hora desperdiçada aqui, outra ali, etc., não parecem ter grande efeito imediato. É a mesma lógica dos fumantes – um cigarro não mata, então vou fumar outro mais. Já sabemos como vai terminar esta história.

 

Por exemplo, se você não leu pelo menos um livro nos últimos 30 dias, essa falta de disciplina não parece afetar sua vida. E como nada de ruim aconteceu, parece que podemos repetir isso por mais 30 dias. Nada acontece novamente, e quando você vai ver passou um ano inteiro sem ler. Ou sem fazer exercício. Ou sem prospectar novos clientes. Ou sem dizer a uma pessoa importante o quanto a ama. Aliás, pior do que não fazer alguma coisa é não notar como isso pode fazer diferença!

 

As conseqüências raramente são instantâneas. Ao contrário – elas se acumulam até que inevitavelmente o dia do juízo finalmente chega e devemos pagar pelo preço das decisões erradas que tomamos. Decisões que, quando tomadas, pareciam pouco importantes. Mas que somadas com o passar do tempo, transformam-se numa bola de neve imparável.

 

O problema é justamente a sutileza. No curto prazo pequenos erros realmente não parecem causar efeito algum. Na verdade, nem parece que estamos fazendo algo errado. Como nada acontece imediatamente, vamos navegando pela vida, achando que está tudo bem, mas por baixo da superfície uma grande onda, um verdadeiro “tsunami” (onda gigante) de conseqüências está se formando. Como  o céu não caiu na nossa cabeça ontem, achamos que hoje também não vai acontecer. Simplesmente  porque repetimos os mesmos erros, pensamos os mesmos pensamentos errados, escutamos as vozes e conselhos errados e fazemos as escolhas erradas.

 

Quando somos crianças, aprendemos rapidamente a não colocar a mão na tomada. Ou você coloca e leva um choque que nunca mais vai esquecer, ou escuta tantos gritos dos pais que acaba aprendendo. Mas na vida raramente isso acontece. O fracasso poucas vezes dá gritos de alerta.

 

Felizmente podemos transformar essa fórmula do fracasso na fórmula do sucesso. É simples: um pouco de disciplina praticada todos os dias.

 

Para começar, você tem que entender, de uma vez por todas, que o futuro é o que você colhe do que plantou hoje. Você pode se arrepender ou ser premiado amanhã, e quem vai decidir isso é você mesmo, fazendo o que fizer hoje. O problema é que a maioria das pessoas está tão mergulhada no presente que esquece de pensar e planejar seu futuro. Não mede as conseqüências (inevitáveis) de tudo o que fazem ou deixam de fazer.

  

De acordo com Jim Rohn, uma das coisas mais formidáveis sobre essa fórmula do sucesso – um pouco de disciplina praticada todos os dias – é que ela já traz resultados imediatos. Ao trocarmos voluntariamente erros diários por disciplina diária, experimentamos resultados positivos em curto espaço de tempo. Quando mudamos nossa dieta, nosso corpo, pele e cabelo  melhoram junto. Quando começamos a fazer exercícios, nosso nível de energia melhora imediatamente. Quando começamos a ler, um mundo novo se abre imediatamente na nossa frente. Quando prospectamos clientes, novas vendas começam imediatamente a surgir.

 

Por isso lembre-se: troque os pequenos erros pelos pequenos acertos, e com o passar do tempo isso se transformará numa grande onda de prosperidade na sua vida.