Será que está caro?

Mais um post parceiro TeuControlelogo teu controle

Olá…

young-man-sitting-on-sofa-and-writing-in-notebookTenho escutado a frase “isso é muito caro”, mas se pensarmos direito e se tivéssemos o dinheiro para comprar o bem ou o desejo, seria caro mesmo?

No TeuControle pensamos que nem tudo é caro, tem vários itens que devem ser analisados e comparados para termos a certeza de que o item de desejo é realmente caro.

Vamos pensar assim!

O produto ou bem desejado é caro ou você que não tem dinheiro para comprá-lo?

 Quando falamos que o produto ou o bem é caro, geralmente é porque queremos naquele momento e não nos preparamos para a compra, por isso fica inviável a aquisição ou pior, há o endividamento para adquiri-lo.

portrait-of-smiling-woman-drinking-coffeeAlgumas oportunidades são únicas, por isso você deve estar preparado para quando ela chegar.

Há uma lenda que diz que a Deusa da Oportunidade é uma mulher que tem o cabelo em forma de rabo de cavalo na testa, mas é careca na parte detrás da cabeça, por isso devemos agarrá-la de frente, pois se deixarmos passar, não conseguimos segurá-la.

Quando estamos preparados, as oportunidades aparecem e podem mudar sua vida para sempre. Estar preparado é começar a poupar, fazer reservas e quando estamos preparados podemos buscar oportunidades, podemos melhorar o ambiente de casa com móveis novos, um carro com mais acessórios ou uma viagem. É se planejar para acontecer.

Como diz o ditado: “Construa uma porta que a oportunidade bate”.

portrait-of-baby-boy-playing-on-laptopPlaneje sempre o seu financeiro, analise quase diariamente como anda suas finanças, observe para onde seu dinheiro vai e nunca o perca de vista.

O TeuControle faz isso com você, ele te ajuda a controlar e planejar suas finanças de forma estruturada e com o nosso blog você adquire técnicas e dicas de como lidar com o dinheiro.

Acesse www.teucontrole.com faça seu cadastro e peça gratuitamente seu E-book com dicas práticas de finanças pessoais.

É como falamos sempre “é você, no controle das suas finanças”.

Não deixe esta oportunidade passar e comece 2017 com o pé direito porque a decisão de melhorar é sua.

Até o próximo post.

Equipe TeuControle

Quem quer ser um Milionário ?

by TeuControle.com

slide1

quem-quer-ser Este post é para falar sobre a vontade de todos de se tornar um milionário, de poder viver sem a preocupação da falta de dinheiro.Para encontrar este caminho de “ser milionário”, um dos primeiros itens é ter disciplina e saber que o crescimento financeiro é um degrau por dia, ou se ganhar na loteria pode pular alguns degraus, mas aí é sorte. Se for na Mega-Sena com 06 números, a probabilidade é de 1 em 50 milhões.

Mas voltando à disciplina. É um hábito, se você deseja tê-lo, tem que praticar e praticar constantemente com muita persistência até que entre no automático, ou seja, vire rotina.

Um dos fatores que contribuem para manter uma disciplina é ter um objetivo. É saber porque está gastando, investindo ou guardando dinheiro.

Pense bem: o dinheiro em si não traz felicidade, mas sim as coisas que realizamos por meio dele. Uma frase que gosto é “porque bobo quer dinheiro? ” –  enquanto não tivermos a noção do que realizar com o dinheiro, seremos bobos, pois gastamos desenfreadamente e sem propósito.

Então chega de falação e vamos à ação “Quem quer ser milionário? ” – Vamos criar o caminho da prosperidade. Lembre-se sempre: “é você, no controle das suas finanças”.

Primeiro passo é saber o que quer? Seja específico, descreva com exatidão o que deseja: um carro, uma casa, uma viagem, um curso etc. Use o espaço abaixo e escreva…

especifico Específico:

Segundo Passo é saber o valor do que se quer. Faça uma pesquisa baseada no lançamento dos dados do específico, quanto mais específico, mais perto do valor real do que se quer, a pergunta chave é quanto custa? Escreva o valor no espaço abaixo…

dolar Valor:

Terceiro Passo é começar a planejar como irá adquirir o bem ou serviço. A pergunta é “Como fazer” – concentre-se nas atividades, faça uma divisão das atividades em tarefas e compromissos e sempre com data para a execução. Utilize a tabela abaixo como referência para criar as atividades.

Lista de tarefas Data execução   Compromissos Data Início Término

 Quarto Passo é um dos mais importantes, é o que nos move a executar as atividades planejadas, “o por quê” – qual é a importância disso para mim, neste item digo que é a sua motivação. Se não tem um propósito bem relevante, aqui acaba seu planejamento, ou pior, seu sonho. Então descreva com poucas palavras um acordo com você mesmo. Seja verdadeiro…

pense Propósito:

Quinto e último passo, a data de realização, a pergunta é “Quando?”, qual a data que terminarei, quando irei comemorar o meu êxito, baseado nesta data você pode construir todo o terceiro passo. Coloque uma data final que pode mudar, de acordo com a evolução das atividades, o que não pode mudar é o propósito. Então, quando irá celebrar…?

celebre Celebração:

As pessoas bem-sucedidas criam condições favoráveis em buscar uma vida melhor, atrelada a um bom planejamento financeiro, mas as condições só mudam se você desejar mudar.

michelangelo Já dizia Michelangelo:“O problema com a maioria não está em mirar alto e acertar, mas em mirar baixo e acertar.

Seja ambicioso, não ganancioso! A ambição muitas vezes é a chave que faz com que se movimente e busque realizar seus sonhos.

Dê valor ao seu dinheiro, ele consome boa parte do seu tempo, então utilize os passos acima e crie um caminho próspero, vivendo o que realmente é importante e necessário e fuja do supérfluo.

O TeuControle.com pode te ajudar nesta caminhada, pois só se caminha com segurança financeiramente pensando sempre que é “você, no controle das suas finanças”.

Se gostou compartilhe com seus amigos e nos siga no logo-face

Até o próximo post.

Equipe TeuControle.com

Como escrever um plano de negócios (Parte 8)

Hoje, abordaremos pessoas muito especiais a quem chamamos de Fornecedores.

E muito cuidado com esse aspecto do Plano de Negócios, pois você precisa deles, mas deve analisar qual seu grau de dependência, pois isto interfere em todo o seu modelo de negócios, custos, entrega e até a continuidade de sua empresa a longo prazo.

A primeira etapa a fazer é relacionar todos os produtos e/ ou serviços que a sua empresa precisa. Após isto, fazer uma lista de fornecedores para estes produtos e/ ou serviços e qualificá-los em termos de preço, prazo de entrega, condições especiais, localização, capacidade de entrega.

Evite ter apenas um fornecedor, pois muitas vezes, quem tem um, não tem nenhum e poderá acarretar problemas de abastecimento, principalmente, em alguns períodos de sazonalidade. Por isso, estrategicamente, mantenha uma lista de fornecedores ativos nos produtos que são essenciais para o funcionamento de sua empresa.

Conheci vários empresários que compram de fornecedores de lugares distantes, pois dizem que é muito mais barato, porém alguns esquecem de computar o custo do transporte e o tempo de entrega, o que muitas vezes acaba encarecendo o produto. Por isso, se preocupe com isso.

Ter fornecedores é fácil, mas ter “bons” fornecedores não é tão simples assim, por isso se lembre de cultivar os relacionamentos, pois pode ter certeza, isso pode salvá-lo de alguns problemas.

Como escrever um plano de negócios (Parte 7)

No plano de negócios devemos dedicar uma parte especial às pessoas que estarão em nossa empresa, o chamado Recursos Humanos.

Quando uma empresa é pequena, normalmente, os sócios acabam sendo o “faz tudo”, porém devemos nos organizar para o crescimento e assim nos preocupar com a seleção, recrutamento, remuneração, avaliação e desenvolvimento dos nossos funcionários.

Vamos verificar com o que devemos nos preocupar em relação aos funcionários:

1. Determinar as funções na empresa. Quais e quantos profissionais preciso para que a empresa caminhe, qual a estrutura do organograma, descrever as responsabilidades e atribuições de cada um, determinar o salário por meio de uma pesquisa salarial.

2. Determinar como será realizado o processo seletivo. Se for interno, elaborar um roteiro de testes e entrevista. Se for externo, passar todas as informações necessárias para a captação via agências de emprego.

3. Plano de carreira e benefícios oferecidos. Elaborar um plano de como poderá ser o crescimento do funcionário dentro da empresa em relação a cargos ou salários e também os benefícios que serão oferecidos.

4. Avaliação de desempenho. Determinar períodos e instrumentos para que o funcionário receba um feedback de seu desempenho na empresa para que possa se desenvolver.

5. Treinamento e desenvolvimento. Verifique quais competências seu funcionário precisa desenvolver e assim proporcionar cursos internos e/ ou externos.

Tudo isso serve para que você tenha uma empresa mais profissionalizada, com “cada macaco no seu galho”, fazendo com que você possa captar e reter talentos para que sua empresa possa prosperar cada vez mais.

Como escrever um plano de negócios (Parte 6)

Hoje, vamos tratar de uma etapa essencial nos negócios que é o Marketing.

Como você pretende levar sua empresa para seus clientes? Como você pretende ficar conhecido e mais, como você pretende vender seus produtos e serviços?

Vamos por partes:

1. Como você quer que sua empresa, produtos e serviços sejam lembrados pelos seus clientes? Crie uma mensagem que identifique sua empresa, pode ser um logotipo, um nome escolhido cuidadosamente ou um slogan. Por exemplo, quando falamos “A número 1” nem precisamos mencionar qual produto nos referimos. Sua empresa precisa ser lembrada para que as pessoas possam comprar cada vez mais.

2. Pense em quais técnicas ou veículos de marketing que utilizará. Existem vários que você pode optar, tais como, panfletos, jornais, revistas, rádio, TV, mala-direta, feiras, outdoors, cartazes, merchandising, degustações, promoções, e-mail, blogs. Porém, você deve adequar ao seu orçamento e seu público-alvo. Não adianta gastar uma fortuna no horário nobre da TV, se seu público não estará ligado nesse momento. Atualmente, a Internet é uma ferramenta importantíssima e com um custo muito baixo, se bem trabalhado o marketing viral faz com que em pouco tempo, sua empresa seja conhecidíssima pelas pessoas.

3. E sua equipe de vendas? Como está estruturada? Muitos empresários ainda acreditam que vendedor é uma subraça e não dão o valor a esses profissionais essenciais nos dias de hoje. Assisti a uma palestra da Luiza Helena Trajano do Magazine Luiza e ela disse que as pessoas acham que vendedor é aquele que não encontra outra ocupação e aí se torna um e é nesse aspecto que reside um grande engano. Afinal, ele é a porta de entrada de sua empresa, que traz o resultado das vendas, que tem a capacidade de persuadir o cliente a comprar de você e não de seu concorrente. Sendo assim, merece nossa atenção.

Por isso, selecione muito bem sua equipe de vendas,  treine-a sempre que possível, oriente-a, essa é sua função, reconheça seu trabalho. São seus vendedores que estarão em contato direto com seus clientes, são eles que formam uma carteira de clientes que é valorizada pela mercado, seu passe está atrelado a isso, se você não valorizar, alguém vai! Lembre-se que você, em vários momentos também é cliente, quantas vezes foi atrás do seu vendedor predileto quando ele mudou de empresa?

Enfim, o marketing deve ser uma ferramenta bem utilizada para que seus resultados aumentem, por isso, planeje bem para que seja um investimento e não um custo de sua empresa.

Como escrever um Plano de Negócios (Parte 5)

Hoje, tratarei sobre a localização do negócio. Falarei de forma geral sobre alguns tipos de negócios.

1. Comércio varejista

Você deve, primeiro, verificar seu público-alvo para analisar se este local é o mais adequado. Não adianta montar um Loja de 1,99 em um área nobre da cidade, nem uma boutique luxuosa em uma área periférica, tudo tem que ser adequado. Além disso, preciso verificar se o acesso para o local é fácil, se há vagas de estacionamento para que as pessoas possam ser atendidas facilmente.

Também, deve-se observar a concorrência existente, nem sempre ela é prejudicial. Em São Paulo, por exemplo, existem as ruas setorizadas que acabam atraindo muito mais público que já sabem onde encontrar o que desejam.

Muitas pessoas sonham em montar sua loja em shopping, mas nem sempre isso é viável, pois os custos são bastante elevados e nem sempre revertem em lucratividade. Pode dar status, mas nem sempre dinheiro!!

2. Prestadores de serviço

Seu cliente vai até você ou você vai até ele? Se ele vai até você, verifique um local de fácil acesso, com estacionamento. Se você vai até ele, você poderá diminuir seus custos, pois poderá estar localizado em uma área de aluguel ou imóvel mais barato.

3. Indústrias

Verifique a lei de zoneamento e se existe infra-estrutura que suporte sua empresa, por exemplo, luz e água. Além disso, é importante verificar se o acesso é fácil para escoamento de mercadorias e chegada dos fornecedores. Muitas vezes, as prefeituras dão incentivos fiscais para quem deseja instalar uma indústria.

Também é importante que se verifique se há mão-de-obra específica para sua empresa na região, se a matéria-prima vêm de lugares próximos e se existe assistência técnica para seus equipamentos, pois são detalhes que podem prejudicar seu negócio.

E para aqueles que já estão instalados? Faça uma análise, não é só porque você está hoje aí, é que precisa permanecer. Mesmo sendo um prédio próprio, precisa-se verificar se não vale a pena alugar ou vender esse imóvel e partir para um lugar mais adequado que traga mais clientes e conseqüentemente mais lucro.